quinta-feira, 14 de fevereiro de 2013

SUPLEMENTAÇÃO PARTE I



Hoje vim falar pra vocês um pouquinho sobre suplementação e vamos começar com a proteína do soro do leite (Whey Protein) ele é com certeza o suplemento mais popular e consumido nas academias.

O que é o Whey-Protein?

Quando o leite é transformado em queijo, o soro desse leite é filtrado e separado. O resultado é o Whey, uma proteína de altíssima qualidade.
Há diversos estudos científicos que reforçam nossa recomendação do Whey Protein para toda pessoa que deseja melhorar seu desempenho atlético ou alterar a composição corporal.
O que diferencia os tipos de Whey Protein são quantos processos de filtragem o produto passa, o que vai deixando o soro do leite cada vez mais puro e livre de carboidratos e gorduras.
Whey Protein é apenas um complemento da sua alimentação, não substitui a comida.
Existem basicamente 3 tipos de Whey Protein. Cada um deles reflete um grau diferente de filtragem e processamento do soro do leite são elas: Concentrada, isolada e hidrolisada. Mas esse assunto fica para o próximo post.  Em segundo lugar o suplemento mais popular é a Cafeína.
CAFEINA - A cafeína provavelmente é o ergogênico nutricional mais utilizado no mundo.
A cafeína é uma substância estimulante, energética e termogênica muito usada pelos atletas e praticantes de atividades físicas. Isto porque a cafeína ajuda a aumentar a disposição no dia a dia, garantir mais definição muscular, colaborando assim para a redução de gordura corporal e para a hipertrofia.
Para potencializar os resultados, é necessário aliar a cafeína aos exercícios aeróbicos, pois como possui efeito termogênico, ela colabora para um emagrecimento.
Devemos considerar que cada individuo possui sua própria tolerância à cafeína, por isso devemos ter cautela antes de administrar quantidades altas de cafeína. Logo, para obter estes resultados, é importante consultar um médico ou nutricionista para ter uma dosagem de acordo com seu perfil e com seu objetivo.
Logo em seguida temos o BCAAS: são aminoácidos de cadeia ramificada, formados por 3 essenciais aminoácidos e que não são produzidos pelo organismo, sendo eles: A L-Valina, L-Leucina e L-Isoleucina.
O principal papel dos BCAA’s é na recuperação de lesões musculares, lesões essas formadas durante um treino intenso de musculação. Além de funções como fortalecedor imunológico, Otimizadores cerebrais, estudos em atletas demonstraram que o comportamento e a função cerebral eram otimizados quando os BCAA's eram ingeridos antes do exercício.

E como suplementar com Bcaas ?

O ideal seria no antes, durante e após o treino nas quantidades recomendadas para cada individuo.
Em nosso próximo post iremos falar mais sobre como potencializar a suplementação de BCAAS e mais sobre nutrição e qualidade de vida!

Faça uma consulta com a nutricionista Dra. Deise Borges para que ela possa avaliar suas necessidades e seus objetivos. 
Ligue (16 ) 9132- 3606 - Dra. Deise Borges - CRN 34442/P